Adotei um gato e… ATCHIM!

20 agosto 2016, 16:23. Postado por Resgatinhos

Convivendo com gatos e alergia a gatos

Créditos da imagem: wisegeek.com

Depois de meses pensando, visitando e se apaixonando, finalmente o dia tão esperado chegara: o dia de levar meus resgatinhos para casa! Eu nunca havia tido gatos e estava muito ansiosa. Foi tudo muito tranquilo com os gatos, mas depois de algum tempo, coisas estranhas começaram a acontecer.

Eu ficava um pouco em casa e logo apareciam os sintomas: espirros, coriza interminável, olhos vermelhos, nariz inchado… Para piorar, acordava no meio da noite sem conseguir respirar, com falta de ar.

Marquei uma consulta com um médico alergologista e logo descobri: tenho alergia a gatos.

É lógico que os gatinhos já estavam no meu coração, portanto, devolvê-los não era uma opção. Felizmente, nem o médico sugeriu isso. E se tivesse sugerido, trocaria de médico.

Ao contrário do que muitos pensam, a alergia ocorre devido a uma proteína na saliva dos gatos, e não por causa dos pelos. Porém, como os gatos passam muito tempo se lambendo, a saliva é transferida para os pelos.

Algumas dicas para melhorar a qualidade de vida de pessoas alérgicas:

- Em primeiro lugar, procure um médico! Só ele poderá lhe prescrever o tratamento e remédio adequados.

- Evite que os gatos durmam na sua cama. Essa parte é difícil pois eles podem fazer carinhas extremamente convincentes. Resista!

- Após pegar os gatinhos, lave as mãos, evitando passá-las no rosto.

- Troque a roupa de cama uma vez por semana e mantenha a casa arejada.

- Limpe a casa todos os dias. De preferência, a pessoa alérgica não deve fazer a limpeza. Caso não seja possível, evite a vassoura (que levanta a poeira do chão); prefira um aspirador ou um mop úmido. Nessa hora, uma máscara também podem ajudar (aquelas baratinhas, que vendem na farmácia).

- Escove o gatinho todos os dias (lembre-se de lavar as mãos depois).

- Dê um banho no gato uma vez por mês. O banho ajuda a remover a proteína dos pelos.

Com tratamento e alguns cuidados, é possível SIM conviver com gatos tendo alergia a gatos.

- Texto escrito por uma voluntária, mãe de dois gatos.

Fique à vontade para compartilhar os nossos textos, mas se for reproduzi-los em sua totalidade ou mesmo em parte, por favor mencione a fonte e coloque o link de redirecionamento.

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *